Trupe Tamboril em Curitiba: algumas impressões.

Dentre várias coisas, a produção artística tem que circular.

Foi nessa gana que a Trupe Tamboril se apresentou nesse último final de semana em Curitiba-PR. Foram duas apresentações e elas aconteceram dentro da programação do Fringe, festival anexo ao já tradicional Festival de Curitiba.

Apesar de 12h na van, não faltou animo para as apresentações muito menos fogo para apreciarmos algumas peças que estavam acontecendo também nesse final de semana.

A primeira apresentação que inicialmente iria acontecer na Praça Espanha, por motivo da chuva e o tempo traiçoeiro da cidade, foi transferida para o Memorial de Curitiba. Já a segunda apresentação que aconteceu no domingo, aconteceu em praça pública durante uma feira que acontecia nos arredores do memorial.

O resultado foi bacaníssimo e muito interessante de perceber a reação de públicos novos, virgens do Alice no Maravilha.

No final de tudo, realmente sentimos que a missão foi cumprida e que a mensagem foi transmitida e captada pelos nossos amigos do sul. A peça rendeu comentários e elogios maravilhosos daqueles que assistiram.

Agora é partir pra outras ruas…

Logo mais, o vídeo 😀

fotos: Breilla Zanon
Anúncios

Sobre Grupo Tamboril

O Grupo Tamboril de Arte Independente é composto por artistas, comunicadores e divulgadores culturais. Por isso, o Grupo guarda como objetivo desenvolver o intercâmbio entre as ações culturais conscientes do papel da atividade artística nos dias de hoje para que assim seja ampliada a cadeia produtiva da cultura a partir das subseqüentes trocas de tecnologia social evidenciadas nesse processo. Desde as primeiras ações em 2007, na Universidade Federal de Uberlândia, o grupo ressalta a necessidade da criação de público para os artistas universitários, assim como para a perspectiva das ações de sustentabilidade econômica e social dentro do contexto em que vivemos. Assim, o Tamboril divulga os artistas não só da Universidade, mas tem como intuito divulgar e instigar a discussão sobre a proliferação de cultura independente e das iniciativas de autogestão dentro do país de maneira geral. Vislumbra-se aqui, o fato de que iniciativas culturais independentes contribuem em muito para estimular o reconhecimento das práticas econômicas criativas que se desenvolvem não só dentro da cultura, mas em meio a nossa contemporânea plataforma de organização social. Dessa forma, como mecanismos práticos, o Tamboril executa divulgações audiovisuais e virtuais, oficinas de capacitação, grupos de discussão, articulando a isso, exibições plásticas, teatrais e musicais e eventos culturais de maneira multidisciplinar. São esses os instrumentos usados pelo grupo a fim de incitar e divulgar o atrelamento que existe entre Cultura, Sustentabilidade e Desenvolvimento. Suas ações se dão dentro da Universidade Federal de Uberlândia e também fora do campus, em parceria com demais agentes e produtores envolvidos com a cena da cultura nacional e com questões atuais de sustentabilidade.
Esse post foi publicado em Arte Independente e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s